Nova publicação confirma que o método inovador de combinação de medicamentos da AZTherapies trata da resposta à neuroinflamação via neuroimunologia e acumulação de beta amiloide associada à neurodegeneração e à doença de Alzheimer.

January 31, 2018 | By forimmediaterele | Filed in: Press Releases.

Travel & Tourism Industry release:

BOSTON, 31 de janeiro de 2018 /PRNewswire/ — A AZTherapies, Inc. é um laboratório farmacêutico de estágio clínico avançado, de capital fechado, com sede em Boston, Massachusetts, que desenvolve tratamentos revolucionários para a doença de Alzheimer (DA), acidente vascular cerebral (AVC) isquêmico e outras doenças neurológicas associadas à neuroinflamação e à neurodegeneração. O principal candidato à produto, uma combinação de tratamentos multifacetados que usam dois medicamentos criados por reengenharia, cromolina e ibuprofeno, o ALZT-OP1, está sendo avaliado em um estudo clínico da Fase 3 da doença de Alzheimer em estágio inicial, o estudo COGNITE.

O fundador e chairman e CEO da empresa, dr. David Elmaleh, disse: “A AZTherapies usa critérios de inclusão estritos, incluindo biomarcadores cerebrais e medidas de cognição e função, para aumentar a precisão do diagnóstico precoce da DA e a homogeneidade de pacientes randomizados do estudo COGNITE”.

O estudo COGNITE de Fase 3 (n=600) da AZTherapies em andamento fez a triagem de mais de 900 pacientes com mais de 300 randomizados, 128 na semana 48 e 56 na semana 72, na conclusão do estudo. (https://cognitetrial.com).

“Crescentes evidências indicam o importante papel que a neuroinflamação exerce no declínio cognitivo na doença de Alzheimer e em outros distúrbios neurodegenerativos”, disse a presidente e CMO (chief medical officer) da empresa, Karen Reeves, MD. “Tratamentos inovadores para essas doenças devastadoras precisam de uma estratégia de múltiplas ações, incluindo a modulação de células microgliais, de células do sistema imune especializadas do cérebro, para aumentar a proteção neurológica”.

Um artigo de pesquisa do laboratório do dr. Rudolph Tanzi, professor de neurologia da Escola de Medicina Joseph. P. and Rose F. Kennedy, vice-presidente de Neurologia da Universidade de Harvard, diretor da Unidade de Genética e Pesquisa do Envelhecimento do Hospital Geral de Massachusetts, publicado em 18 de janeiro de 2018 na Nature’s Scientific Reports, intitulado Cromolyn Reduces Levels of the Alzheimer’s Disease-Associated Amyloid β-Protein by Promoting Microglial Phagocytosis (A cromolina reduz os níveis da proteína beta amiloide associadas à doença de Alzheimer por promover a fagocitose microglial) (Zhang, Griuc, Hudry et al.; Relatórios Científicos (2018) 8:1144; DOI:10.1038/s41598-018-19641-2), dá suporte ao fundamento científico para o uso da combinação de medicamentos da AZTherapies, para potencialmente desacelerar ou interromper a progressão da DA precoce em sua manifestação. (https://www.nature.com/articles/s41598-018-19641-2)

O artigo da Scientific Reports avaliou os efeitos da cromolina e do ibuprofeno, usados no estudo COGNITE, em um modelo de camundongo Tg2576 da DA, para tratamento dos efeitos precoces sobre a formação de placas, e em ensaios de autorização de células microgliais sobre seus efeitos na ativação da micróglia como drogas anti-inflamatórias.

O artigo conclui: “Coletivamente, nossos dados revelam efeitos robustos da cromolina, sozinha ou em combinação com o ibuprofeno, na redução dos níveis de Aβ propensos à agregação e na indução de um estado de ativação da micróglia, favorecendo a fagocitose da Aβ versus um estado pró-neuroinflamatório”.

A AZTherapies (www.aztherapies.com) é uma empresa farmacêutica de estágio clinico avançado, com sede em Boston, Massachusetts. A AZTherapies está usando métodos inovadores na descoberta, desenvolvimento e comercialização de novos tratamentos para a doença de Alzheimer e AVC isquêmico, o que pode fundamentalmente melhorar o tratamento, a qualidade de vida e o controle da doença do paciente. O principal programa da empresa, o ALZT-OP1, é uma terapia de combinação composta de dois medicamentos criados por reengenharia, com perfis bem caracterizados de segurança e com propriedade intelectual protegendo a combinação de medicamentos, a dosagem, a fórmula e propriedades do medicamento, que irão levar o medicamento ao sangue e ao cérebro. A plataforma da empresa também inclui o ALZT-OP2, um potencial tratamento medicamentoso da DA modificador da doença em desenvolvimento pré-clínico avançado, o AZHALER-D, um novo inalador descartável de dose única em fase avançada de desenvolvimento, e o ALZT-QoL, um tratamento medicamentoso neurodegenerativo, criado para melhorar a qualidade de vida de pacientes com doença de Alzheimer, usando um M1 compensatório (um agonista do receptor muscarínico) com mecanismos ligantes/receptores para melhorar a conectividade da rede cerebral. Os medicamentos da AZTherapies se baseiam em tecnologias desenvolvidas no Hospital Geral de Massachusetts, um Hospital Docente da Escola de Medicina de Harvard.

Contato:
Katie Barrett
1-617-318-3426
katie.barrett@aztherapies.com

Logo – https://mma.prnewswire.com/media/594208/AZTherapies_Logo.jpg

FONTE AZTherapies, Inc.

SOURCE AZTherapies, Inc.

Related Links

http://www.aztherapies.com

Click here to read the full release with contact information on PR Newswire. Some releases are not in English.

To post and circulate your own press release on FIR and the eTN Network  please click here 

 


Comments are closed here.